Município de Viana do Castelo desenvolveu Plano Municipal de Integração de Imigrantes

Viana-do-Castelo-Plano-Municipal-de-Integração-de-Imigrantes

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, em reunião de executivo, o Plano Municipal de Integração de Imigrantes de Viana do Castelo, depois de aprovada a candidatura ao Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros, através do Alto Comissariado para as Migrações.

O Plano Municipal tem um período temporal entre 2015 e 2017, sendo um documento onde constam medidas de integração dos imigrantes residentes no concelho de Viana do Castelo, principalmente dirigidas aos Nacionais de Países Terceiros (NPT).

A elaboração deste Plano obedece a uma estrutura pré-definida e contém medidas de integração nas áreas do mercado de trabalho e empreendedorismo, saúde, Integração e Acolhimento, Solidariedade e Respostas Sociais, Cultura, Educação e Língua, Formação e Capacitação, Cidadania e participação Cívica, Media e Opinião Pública, entre outras, com o objetivo de promover a integração, participação, igualdade e coesão social dos cidadãos nacionais de países terceiros na comunidade local.Desenvolver sentimentos de confiança, equilíbrio e segurança dos cidadãos nacionais de países terceiros e criar mecanismos facilitadores para a vida quotidiana, são uma prioridade do Município, razão pela qual assume o compromisso de garantir o cumprimento das medidas constantes do Plano.

Para a definição das diferentes medidas, o Município contou com a participação ativa dos 28 parceiros institucionais, dos setores público, privado e associativo, relevantes em cada área de intervenção, bem como de representantes dos NPT, processo fundamental para a eficácia das medidas propostas, bem como para a sua operacionalização, que apontaram 71 medidas direcionadas à população migrante que reside, trabalha ou pretende fixar-se no concelho.De sublinhar que o plano foi já apresentado por ocasião das comemorações do Dia Mundial do Refugiado (DMR) – 20 de Junho – o dia em que se lembra e se presta uma homenagem aos milhões de refugiados em todo o mundo. Neste contexto, o Município de Viana do Castelo e o Instituto de Segurança Social de Viana do Castelo, promoveram um evento para celebração deste dia, que contou com um conjunto de atividades relacionadas com a temática.

A iniciativa decorreu no edifício Vila Rosa, e contou com imigrantes e refugiados residentes no concelho, bem como com representantes das diversas instituições dos setores público, privado e associativo.

AVISO: Esta entrada ten máis de seis meses desde a súa publicación. É posible que o contido non estea actualizado.
Síguenos na nosa canle en TELEGRAM

Iniciar sesión

Uso de cookies

Este sitio web utiliza as cookies para que vostede teña unha mellor experiencia de usuario.
Si continúa navegando está a dar seu consentimento para a aceptación das mencionadas cookies e a aceptación da nosa política de cookies.
Faga click no enlace política de cookies para maior información. ACEPTAR

Aviso de cookies

Os nosos anunciantes son importantes para nós.
Fainos o favor de desactivar o bloqueador de anuncios ou
engadir este sítio a túa lista branca.

Grazas!