Cerveira integra projeto inovador para idosos

De preparação conectada e automatizada de alimentos

Vila Nova de Cerveira | Ao longo dos próximos dois anos, o Município de Vila Nova de Cerveira foi nomeado beneficiário do projeto europeu PREPARIO – Connected and Automated Food Preparation Platform, que consiste na implementação de uma solução de investigação inovadora baseada nas tecnologias de informação e comunicação (TIC) ao serviço de um envelhecimento ativo e saudável em casa na área da alimentação. Com um investimento de 1.2ME, cofinanciado pela Comissão Europeia e pela Fundação de Ciência e Tecnologia, o projeto, enquadrado no Programa AAL – Active Assisted Living Programme, conta com coordenação de Senserna (Dinamarca), e como parceiros Exthex GmbH (Áustria), Joanneum Research (Áustria), Det Danske Madhus A/S (Dinamarca) e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (Portugal).

Para o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, “é um privilégio para o Município ter a oportunidade de participar neste projeto que irá beneficiar a qualidade de vida dos idosos do nosso concelho. É fundamental criarmos medidas e trabalharmos em rede com o intuito de atingir políticas sociais de proximidade, principalmente junto dos grupos mais vulneráveis da população cerveirense. E o PREPARIO é um excelente exemplo dessa cooperação”.

Atendendo ao facto de muitos idosos europeus dependerem da entrega de refeições ao domicílio, através de empresas privadas ou de instituições particulares de solidariedade social, o projeto PREPARIO apresenta uma preparação conectada e automatizada de alimentos apoiada por um forno de micro-ondas revolucionário, assegurando a melhoria da qualidade de vida e da autonomia.

O objetivo é evitar processos de aquecimento ineficientes, que podem deteriorar a experiência alimentar aos utentes, como também aumentar os riscos de desnutrição quando as refeições são degradadas e/ou não são consumidas.

Trata-se de um equipamento altamente vanguardista, com controle de temperatura sem fio (a tecnologia central da dinamarquesa SME Senserna), e que permitirá o aquecimento automatizado de alimentos a temperaturas ideais para servir.

Todo o processo é apoiado por uma plataforma de assistência digital personalizada para idosos (EmmaHome), dando voz ao equipamento para emitir lembretes e alertas, um Smart Living DataSpace integrado que recolhe todos os dados relevantes para a preparação de alimentos e elabora relatórios de monitorização dos dados para cuidadores e instituições, bem como um suporte mais próximo do utente disponibilizando ainda um aplicativo de avaliação para permitir o feedback do usuário sobre todo o processo.

Neste sentido, em toda a Europa, apenas o Município de Vila Nova de Cerveira e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa vão entrar neste processo inédito de testagem do forno de micro-ondas ‘amigo’ dos idosos, com tecnologia das empresas dinamarquesas e austríacas envolvidas.

Considerado o foco de investigação do projeto e a potencial utilização do produto final no Serviço de Apoio Domiciliário, a autarquia cerveirense vai começar por dinamizar um questionário junto das IPSS’s do concelho para auscultar a existência de dificuldades na confeção de alimentos, bem como aprofundar o conhecimento sobre as condições de implementação desta valência no nosso território, potenciais constrangimentos e barreiras do referido serviço. O projeto PREPARIO arrancou a 1 de fevereiro e estende-se até 31 de julho de 2024, com um financiamento total de 1.2ME, sendo que cerca de 95 mil euros são para a sua implementação em Vila Nova de Cerveira. Mais informações em: http://www.aal-europe.eu/

Outros artigos