• Segue conectado
  • |

Viana do Castelo já garantiu 24.616 carregamentos de viaturas elétricas em nove anos

“MOB.E-TE: Pela Sustentabilidade; Pelo Ambiente; Por Viana”

Viana do Castelo | Ao longo dos últimos nove anos, Viana do Castelo já garantiu 24.616 carregamentos de viaturas elétricas nos 11 postos disponíveis. Entre 2011 e 2019, o número de carregamentos tem vindo a crescer de forma exponencial.

Assim, se em 2011 apenas foram feitos 54 carregamentos nos postos existentes para carregamento de viaturas elétricas, em 2018 foram garantidos 8.508 carregamentos e em 2019 o número foi de 6.589.
No que concerne ao número de utilizadores, já totalizaram um total de 1.339 nos últimos nove anos. Em 2011, foram apenas 3 os utilizadores a usufruir do serviço, mas em 2018 os utilizadores ascenderam a 521 e em 2019 foram 297.

Face a esta crescente utilização dos postos de carregamento elétricos em Viana do Castelo, só em 2019 foi evitada a emissão de mais de 53.199 quilos de CO2.

Também a frota municipal já conta com um total de 12 carros elétricos e o objetivo é renovar todo o parque automóvel do município até 2021. Atualmente, o Município dispõe de 2 miniautocarros elétricos, uma viatura ligeira de mercadorias de dois lugares, cinco viaturas ligeiras de passageiros, duas viaturas mistas de cinco lugares e duas viaturas ligeiras de passageiros híbridas. A substituição da frota automóvel por veículos “mais amigos do ambiente” é uma das 30 medidas da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas.

Recorde-se que, em 2010, foi instalado o primeiro ponto de carregamento para veículos elétricos em Viana do Castelo, no âmbito da Rede Piloto para a Mobilidade Elétrica Mobi.E. A mobilidade elétrica é um importante contributo para a mobilidade sustentável e para o aumento da eficiência energética no transporte. Atualmente, a MOBI.E está presente em mais de 50 municípios de Portugal Continental e da Região Autónoma da Madeira e conta com mais de 1.250 pontos de carregamento.

Para promover a mobilidade mais sustentável, no passado mês de dezembro a Câmara Municipal aprovou a prorrogação do prazo de implementação das medidas previstas no Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART) em Viana do Castelo. Trata-se de um conjunto de ações que integram diversas reduções e isenções nos transportes públicos.

Tendo como slogan “MOB.E-TE: Pela Sustentabilidade; Pelo Ambiente; Por Viana”, o programa “tem por objetivo combater as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social” e, em Viana do Castelo, este programa garante, nomeadamente, a gratuitidade do transporte escolar aos alunos do ensino secundário.

O programa integra ainda a redução em 50% do custo do bilhete ou passe aos utentes que utilizam os miniautocarros que circulam no centro da cidade de Viana do Castelo; e a introdução da gratuitidade para utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos entre o Parque de Estacionamento do Campo d’Agonia (PECA) e a Zona de Atividades Económicas da Praia Norte (Praia do Coral). Em causa está também a redução em 50% do custo do bilhete ou passe dos utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos para as zonas industriais do Neiva, 1ª e 2ª fases e Alvarães, e Meadela.

O programa teve início em 2019 e prolonga-se em 2020 porque o próximo Orçamento de Estado prevê financiamento para o Programa de Apoio à Densificação e Reforço da Oferta do Transporte Público.

Publicado o 12 Xan 2020 en Medio Ambiente, Portada, Viana do Castelo.
AVISO: Esta entrada ten máis de seis meses dende a súa publicación. É posible que o contido esté desactualizado.
Síguenos na nosa canle en TELEGRAM

Iniciar sesión

Uso de cookies

Este sitio web utiliza as cookies para que vostede teña unha mellor experiencia de usuario.
Si continúa navegando está a dar seu consentimento para a aceptación das mencionadas cookies e a aceptación da nosa política de cookies.
Faga click no enlace política de cookies para maior información. ACEPTAR

Aviso de cookies