Paredes de Coura aproba Orçamento 2021 com investimentos inovadores

Por valor de 18 M€ prometendo três novas unidades industriais

Paredes de Coura | A Câmara Municipal de Paredes de Coura aprovou o Orçamento e o Plano Plurianual de Investimentos para 2021 no valor de 18 M€, declarando “morte à geografia” e prometendo uma “nova centralidade, no contexto do país”, com três novas unidades industriais, das quais duas são pertencentes a setores inovadores e únicas em Portugal.

“Numa altura de crise estamos a preparar o futuro, e o futuro passa pela criação de emprego”, enfatizou Vitor Paulo Pereira, presidente da Câmara de Paredes de Coura, para quem “o emprego é a receita final de muitas políticas convergentes, que vão desde a capacidade de atrair investimento, até à confiança que os agentes económicos têm em nós pelo nosso dinamismo e pela nossa capacidade de resposta e de cumprir prazos”.

Ao todo, são 18.302.348 € tendo que têm por objetivo a criação de mais emprego e qualificado, como explica Vitor Paulo Pereira: “o PPI – o denominado Plano Plurianual de Investimentos atinge este ano 7.458.000 €, onde a ligação ao Parque Empresarial de Formariz e a requalificação e ampliação da Zona Industrial representam 2.850.000 €”, enumerou.

“São 18.302.348 € tendo que têm por objetivo a criação de mais emprego e qualificado”

Mas vai mais longe, ao apontar os investimentos que estão em andamento e que vão dar uma nova face no plano económico a este município do Alto Minho: “neste momento o Parque Empresarial de Formariz ganha uma força que não tinha há uns anos. Em finais de 2021, Paredes de Coura terá 3 novas fábricas, com duas unidades que serão verdadeiramente revolucionárias.

Paredes de Coura, com estes novos investimentos, prepara-se para ter um setor de ponta que neste momento não existe em Portugal”, explicou o presidente da Câmara, acrescentando que “não se trata apenas de declarar morte à geografia e mais uma vez a nossa terra ganhar uma nova centralidade, no contexto do país. No fundo, trata-se de mais economia e de mais desenvolvimento. Mas trata-se também de criar melhores condições de emprego para os nossos jovens e para as nossas famílias. É o emprego que cria felicidade e terra, e se este for cada vez mais qualificado, mais valor seremos capazes de exportar”, concluiu.

A Assembleia Municipal de Paredes de Coura aprovou o Orçamento e o Plano Plurianual de Investimentos para 2021, registando-se 28 votos a favor (25 do PS, 2 independentes e um PCP/PEV) –, enquanto os 3 deputados municipais eleitos pelo PSD votaram contra.

Outros artigos

Os nosos anunciantes son importantes para nós.
Fainos o favor de desactivar o bloqueador de anuncios ou
engadir este sítio a túa lista branca.

Grazas!