João Barros e António Costa campeões do Rali de Monção

Monção | Pontuável para o Campeonato Open de Ralis, participaram 49 automobilistas com dupla passagem pelos troços asfaltados de Monção, Luzio e Merufe. Bom tempo e muto público marcaram a edição deste ano.
A dupla João Barros e António Costa, ao volante de um Citroen Saxo Kit Car, sagraram-se campeões do Rali de Monção, repartindo o pódio com Diogo Salvi e Filipe Carvalho, Mitsubishi Evo VII, segundo posto, e Daniel Nunes e Daniel Amaral, Mitsubishi Evo VI, terceiro posto. O monçanense Alex Pereira, aos comandos do Fiat Punto HGT, classificou-se na 19ª posição da geral.
A competição, realizada no passado sábado, 23 de junho, colocou o concelho de Monção no primeiro plano do automobilismo nacional com os programas de televisão dedicados ao motor e as revistas de especialidade a marcarem presença nesta prova, cujo carro 0 foi comandado pela manequim piloto Diana Pereira acompanhada por Inês Ponte.
Depois da passagem pela terra em 2011, o Rali de Monção deste ano desenvolveu-se em pisos de asfalto, com dupla passagem pelos troços de Monção com 10,50 quilómetros, Luzio com 13,49 quilómetros e Merufe com 11,34 quilómetros, num total de 70,66 quilómetros de troços cronometrados.
Organizado pelo Clube Aventura do Minho (CAMI) com o apoio da autarquia local, o Rali de Monção pontuou ainda para o Campeonato de Portugal Júnior de Ralis, Campeonato de Portugal de Clássicos de Ralis e Campeonato Regional de Ralis VSH Norte, assim como para os troféus Modelstand e Fast Bravo. Participaram 49 equipas, 15 espanholas.

Outros artigos