Inauguração do Centro Zulmira Pereira Simões

Presidente da Câmara Municipal de Barcelos marcou presença na inauguração do Centro Zulmira Pereira Simões

Centro_Zulmira_Pereira

Foi inaugurado no passado sábado, dia 27 de junho, o Centro Zulmira Pereira Simões, em Roriz. A cerimónia de inauguração contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, do Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, do Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, do Comendador António Simões, patrono da instituição, entre outras individualidades.

O certame teve início com o descerramento da placa de inauguração do Centro, seguida da bênção das instalações pelo arcebispo Dom Jorge Ortiga. Foi inaugurada ainda uma capela denominada “Capela de Sto. António” em homenagem ao patrono.

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, afirmou que “crer e vontade estarão sempre presentes no nosso espírito e o Centro Zulmira Simões contará sempre com esse empenho, crer e vontade deste executivo municipal.” O autarca prosseguiu dizendo que se for possível do ponto de vista orçamental, “o Município fará o esforço no sentido de corresponder às necessidades do Centro Zulmira Pereira Simões”.

O presidente da direção do Centro Zulmira Pereira Simões, João Miranda, iniciou o discurso dizendo que o projeto nasceu da enorme vontade “desta comunidade que soube unir-se em torno do mesmo e que soube juntar todas as instituições no espírito de eficiência coletiva, unindo forças e demonstrando que tudo é possível”.

Por sua vez, o comendador António Simões, patrono da instituição, mostrou-se grato por finalmente ver concluído o tão ambicionado projeto em homenagem da sua mãe.

O Ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, Pedro Mota Soares, elogiou o projeto e o caminho percorrido pela sociedade civil na construção desta instituição.

Outros artigos

Os nosos anunciantes son importantes para nós.
Fainos o favor de desactivar o bloqueador de anuncios ou
engadir este sítio a túa lista branca.

Grazas!