Feira do Alvarinho, três dias de promoção vinicola, animação popular e rentabilização económica

Monção | A melhor feira do país dedicada ao setor dos vinhos decorre este fim de semana, 30 de junho a 2 de julho, esperando superar 70 mil visitantes nos três dias e possibilitar a injeção motivadora de um milhão de euros na economia monçanense decorrente de faturação direta, nos 112 expositores presentes, e faturação indireta na hotelaria, restauração, cafetarias e comércio do concelho.

Com abertura oficial na sexta-feira, pelas 11h00, presidida pelo Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luis Medeiros Vieira, a Feira do Alvarinho de Monção promete três dias de promoção do vinho Alvarinho, animação popular e rentabilização económica dos expositores, comércio, hotelaria e restauração do concelho.

Na apresentação à imprensa, realizada esta manhã no Museu do Alvarinho, o autarca monçanense, Augusto de Oliveira Domingues, reafirmou a importância deste certame vinícola na vida económica e social do concelho e a aposta crescente da organização na higienização e segurança do evento.

Num investimento próximo de 300 mil euros, o autarca apontou dois objetivos: superar a afluência de 70 mil pessoas estimada no ano passado com gente de diferentes áreas geográficas de Portugal e Espanha e possibilitar a injeção motivadora de um milhão de euros na economia local decorrente de faturação direta, nos 112 expositores presentes, e faturação indireta na hotelaria, restauração, cafetarias e comércio do concelho.

Na apresentação, Augusto de Oliveira Domingues, esteve acompanhado por José Emílio Moreira, Grão Duque da Real Confraria do Vinho Alvarinho, e Miguel Queimado, presidente da Associação de Produtores de Alvarinho. Ambos enalteceram o crescimento exponencial da feira nos últimos anos e o papel aglutinador no estabelecimento de negócios e captação de novos públicos.

Num evento que se reinventa de edição para edição, os stands apresentam uma nova imagem, mais apelativa, requintada e funcional. Como novidade, feita em parceria com a Confraria da Foda de Pias, a Feira do Alvarinho disponibiliza um espaço autónomo para degustação de um dos pratos mais típicos da gastronomia monçanense: Foda à Monção.

Os expositores estão distribuídos por uma área coberta (produtores de Alvarinho, tasquinhas, fumeiros, queijaria, doçaria tradicional) e uma área descoberta (artesanato, instituições e associações locais, patrocinadores oficiais e organização/venda de copos). Acrescente-se ainda um posto de informação, um posto médico, um espaço infantil, instalações sanitárias, espaço lounge, Eprami.come e espaço “Vinho – Grandes Escolhas”, onde decorrerão as palestras e provas comentadas.

Ao longo dos três dias, as tardes serão preenchidas com agrupamentos folclóricos do nosso concelho. As noites iniciam-se com animação de rua, continuando, pela noite dentro, com Dj`s conhecidos do grande público. Na sexta-feira, Paulino Coelho. No sábado, Fernando Alvim.

Venha brindar connosco. Convide os seus familiares e amigos.

Outros artigos