• Segue conectado
  • |

Autarquia arcuense reclama reforço do policiamento, da investigação dos incêndios e o segundo helicóptero

Arcos de Valdevez | A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez participou numa reunião da Subcomissão Distrital de Proteção Civil, com a ANMP, GNR, PSP, Polícia Judiciária e outras entidades de Proteção Civil, para analisar o elevado número de ignições ocorridos no distrito e no concelho neste mês de julho.

Nesta reunião, o Presidente da Câmara arcuense solicitou o reforço do efetivo de patrulhamento e vigilância, nomeadamente GNR e Exército, a intensificação da investigação dos incêndios pelas forças de Segurança, nomeadamente, a Polícia judiciária.

A Autarquia apela aos cidadãos que assumam e pratiquem comportamentos que contribuam para a diminuição do risco de ignição, não usando fogo junto das áreas florestais e informando as Autoridades sobre qualquer situação suspeita.

João Manuel Esteves também solicitou ao Ministério da Administração Interna, o reforço de meios, em particular de efetivos das forças de segurança, para vigilância mais ativa das áreas florestais, bem como a presença do segundo helicóptero no centro de meios aéreos do distrito.

De notar que, apesar das dificuldades deparadas pela dispersão dos meios pelas várias ignições praticamente simultâneas, o sucesso das operações tem sido visível, com a envolvência dos Bombeiros e de todos os Agentes de Proteção Civil, entre outras entidades cujo apoio é fulcral.

Publicado o 7 Ago 2020 en Arcos de Valdevez, Medio Ambiente.
Síguenos na nosa canle en TELEGRAM

Iniciar sesión

Uso de cookies

Este sitio web utiliza as cookies para que vostede teña unha mellor experiencia de usuario.
Si continúa navegando está a dar seu consentimento para a aceptación das mencionadas cookies e a aceptación da nosa política de cookies.
Faga click no enlace política de cookies para maior información. ACEPTAR

Aviso de cookies