As Três Muralhas do Minho


Valença/Monção/Melgaço | Apresentam a iniciativa “As Três Muralhas do Minho”, sexta-feira, 18 de Maio, com workshop’s, percursos interpretativos, tertúlias e aulas de arqueologia, nos três centros históricos.
Em Valença a iniciativa vai proporcionar aulas e workshops de arqueologia. Entre as 10h e as 12h decorrerá uma aula de arqueologia e demonstração de jogos medievais, no Centro de Interpretação da Fortaleza, a cargo de Luís Fontes, da Unidade de Arqueologia, da Universidade do Minho. Durante a tarde um workshop de arqueologia proporcionará, aos jovens alunos, a simulação de uma escavação, na Fortaleza e a lavagem e catalogação do espólio, no Paiol do Açougue.
Em Monção a iniciativa Ouvir e Sentir a Muralha começa com um percurso interpretativo pelas muralhas de Monção, com grupos escolares, a partir das 14h00. Para as 16h30 está programada uma tertúlia, com moradores do centro histórico, sobre a vida e vivências nas muralhas.
Em Melgaço a iniciativa Ouvir a Muralha proporcionará uma visita guiada e interpretativa ao Castelo, para alunos do 2º ciclo, a partir das 10h. Para as 14h30 está programada a iniciativa Sentir a Muralha com os moradores do Centro Histórico onde se reviveram hábitos, vidas e histórias deste espaço.
As Três Muralhas do Minho é uma iniciativa das Câmaras Municipais de Valença, Monção e Melgaço, no âmbito do projetouralhas Digitais, que conta, ainda, com a parceria do Ayuntamiento de Lugo, Universidade de Santiago de Compostela e os parceiros tecnológicos Asociación Multisectorial de Nuevas Tecnologías de Información y Comunicación (Clúster Ineo) e Centro de Computação Gráfico de Azurem, da Universidade do Minho.
O objetivo do projeto Muralhas Digitais é divulgar o património cultural de cidades com muralha, pondo em relevo as raízes históricas comuns da euro-região Galícia-Norte de Portugal.

Outros artigos

Os nosos anunciantes son importantes para nós.
Fainos o favor de desactivar o bloqueador de anuncios ou
engadir este sítio a túa lista branca.

Grazas!