XXXVIII Rali Á Lampreia

Monção |  Englobada no fim de semana gastronómico dedicado à Lampreia do Rio Minho, perícia automóvel no centro histórico da vila realiza-se no próximo domingo, 1 de março, com a participação de 40 concorrentes portugueses e galegos e 20 restaurantes aderentes. No dia anterior, sábado, está prevista a iniciativa “Rali a Pedais”, provas de karts abertas ao público, e o rali gastronómico noturno, circuito por sete bares de Monção, onde será possível degustar algumas tapas daquele afamado ciclóstomo.
O Município de Monção promove este sábado e domingo, 28 de fevereiro e 1 de março, o “Fim de Semana Gastronómico”, distinguindo a Lampreia do Rio Minho com a realização do XXXVIII Rali à Lampreia, prova de perícia automóvel na Praça Deu-la-Deu Martins, centro histórico da localidade.
A iniciativa foi apresentada esta manhã, no auditório da Biblioteca Municipal de Monção, com a presença do autarca local, Augusto Domingues, o presidente da Associação Comercial e Industrial dos Concelhos de Monção e Melgaço, Américo Reis, e o responsável pela secção automóvel do Sport Clube do Porto, António Paiva.
Neste fim de semana, 20 restaurantes do concelho juntam-se à iniciativa automobilística, apresentando nos respetivos cardápios diversas formas de confecionar aquele afamado ciclóstomo, com particular destaque para o arroz de lampreia.
Com a presença de quatro dezenas de participantes portugueses e galegos, as provas de perícia automóvel realizam-se às 11h00 e 16h00. Na hora do almoço, os restaurantes estão de portas abertas para receber visitantes e munícipes em mais uma jornada de promoção da Lampreia do Rio Minho.
Este repasto tradicional, confecionado com recurso a segredos culinários passados de geração em geração, será acompanhado pela saborosa doçaria tradicional da região (barriguinhas de freira, roscas, papudos ….) e acompanhado pelos produtos vínicos da Sub-Região de Monção e Melgaço que, entre outros, oferece o notável Alvarinho, vinho que fica bem em qualquer mesa do mundo.
Como é habitual, este acontecimento promete encher as ruas do centro histórico da localidade e fazer as delícias dos participantes que têm a possibilidade de articular a aventura da perícia automóvel com o prazer de degustar uma saborosa lampreia do rio Minho. À semelhança do ano passado, será instalada uma bancada no Miradouro dos Néris.
No dia anterior, sábado, está prevista a iniciativa “Rali a Pedais”, provas de karts abertas ao público durante o dia (15h00/18h00) e à noite (21h30/24h00), na Praça Deu-la-Deu, e animação pelas ruas do centro histórico da localidade com o grupo de concertinas “Os Magníficos” e as Rusgas de Merufe. Pelas 18h00, decorre a inauguração do Museu do Alvarinho com a presença do Secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque.
Nesta noite, realiza-se ainda o rali gastronómico noturno, circuito por sete bares de Monção, onde será possível degustar algumas tapas daquele afamado ciclóstomo confecionadas pelos alunos do curso de cozinha e restauração da EPRAMI, pólo de Monção.
Em cima da mesa, vão estar “amostras” de sushi de lampreia, escabeche de lampreia e empanada de lampreia. Desta vez, com outra bebida ao ritmo da boa música da noite monçanense. Uma forma diferente de cativar o público mais jovem para degustar a lampreia.
“Este acontecimento, que reúne milhares de portugueses e galegos nas ruas do centro histórico, permite a concretização de dois objetivos: promoção daquele prato gastronómico com tradição no concelho e dinamização do setor hoteleiro em época baixa.
A iniciativa “karts a pedais” e o rali gastronómico noturno pelos bares são duas novidades na edição deste ano, realizadas no sábado, que visam potenciar ainda mais esta iniciativa, abrindo-a a outros espaços e públicos mais jovens, precavendo assim a sua continuidade por muitos e longos anos”.
 

Outros artigos