Vilar de Mouros regressa a Caminha entre 24 e 26 de agosto de 2023

O mais antigo festival da Península Ibérica

Caminha | Após um interregno de dois anos devido à pandemia, o mais antigo festival da Península Ibérica celebrou o regresso com três dias de concertos emocionantes, que culminaram numa noite apoteótica, com casa cheia para assistir às atuações de duas lendas vivas da música Iggy Pop e Bauhaus.

Caminha é guardiã de um dos maiores tesouros nacionais, o mítico Festival Vilar de Mouros. A vila minhota recebeu, no último fim de semana, mais de 55 mil pessoas. Considerado um local de culto, Vilar de Mouros é também um ponto de encontro entre várias gerações.

Após ter celebrado a sua 50ª edição durante a pandemia, o festival regressou em 2022 com um cartaz que juntou lendas vivas da música como Iggy Pop e Bauhaus, a alguns dos artistas internacionais e nacionais mais representativos do pop rock das últimas três décadas, como os Clawfinger, Black Rebel Motorcycle Club, SUEDE, Placebo, The Legendary Tigerman, Blind Zero e Tara Perdida.

O Festival Vilar de Mouros regressa entre 24 e 26 de agosto de 2023.

EDP Vilar de Mouros resulta da vontade da Câmara Municipal de Caminha e da Junta de Freguesia de Vilar de Mouros em apostarem na música e na cultura como forma de promover o desenvolvimento sustentável da sociedade e das regiões.

A par da música, os valores de inclusão e a consciência ambiental e socialmente ativa voltam a estar no coração do festival, que reforçará o trabalho junto da comunidade com o envolvimento de instituições locais com conteúdos diferenciadores e o desenvolvimento de projetos inovadores para reduzir o seu impacto no meio ambiente. Isto é Vilar de Mouros!

Deixa unha resposta

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.

Outros artigos