• Segue conectado
  • |

VII Jornadas Técnico-científicas de Tracção Animal

Boas práticas agroflorestais

Norte de Portugal | “Repensar a agricultura – O poder, os subsídios e as alterações climáticas na sustentabilidade agrícola”, “Boas práticas agroflorestais e estado físico do solo: alguns elementos de reflexão a partir da experiência com tração animal” e “Boas práticas de gestão florestal – fogo prescrito integrado” são alguns dos temas a desenvolver nas VII Jornadas Técnico-científicas de Tracção Animal, que decorrem nos dias 1 e 2 de fevereiro no CEIA – Centro de Educação e Interpretação Ambiental, em Vascões, Paredes de Coura.

Promovidas pela Associação Portuguesa de Tracção Animal em colaboração com o Centro de Investigação de Montanha – Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança, a Molida (Associação Galega de Tracção Animal) e o Município de Paredes de Coura, estas VII Jornadas Técnico-científicas de Tracção Animal estão subordinadas ao tema das boas práticas agroflorestais, têm participação gratuita mas sujeitas a inscrição prévia.

Dos dois dias de trabalhos, há a registar as comunicações de Emanuel Oliveira (técnico consultor na área dos Fogos Florestais), Tomás de Figueiredo (CIMO/ESA-IPB), João Brandão Rodrigues (APTRAN) e José Raul Ribeiro (agrónomo – profissional independente), bem como as ações de campo com demonstrações de boas ​​ práticas florestais, incluindo demonstração prática de fogo prescrito e gestão florestal com tração animal.

Programa

Sábado, 1 de fevereiro de 2020 ​​

14h30 – Abertura do secretariado / Receção dos participantes

15h00 – Boas práticas de gestão florestal – fogo prescrito integrado. Emanuel Oliveira (Técnico Consultor na área dos Fogos Florestais)​

15h45 – Boas práticas agroflorestais e estado físico do solo: alguns elementos de reflexão a partir da experiência com tração animal. Tomás de Figueiredo (CIMO / ESA-IPB)

16h30 – Pausa para café

17h00 – ​​O potencial da tracção animal na gestão florestal. João Brandão Rodrigues (APTRAN)

17h45 – Debate

​ 18h30 – Encerramento dos trabalhos

​Domingo, 2 de Fevereiro de 2020

09h30 – Receção dos participantes

09h45 – Repensar a agricultura – O poder, os subsídios e as alterações climáticas na sustentabilidade agrícola. José Raul Ribeiro. Agrónomo – Profissional independente

10h30 – Pausa para café

11h00 – Demonstração de boas ​​ práticas florestais (Paisagem Protegida do Corno de Bico):​

– Demonstração prática de fogo prescrito

– Gestão florestal com tracção animal

13h30 – Almoço de campo (responsabilidade dos participantes)

15h00 – Encerramento dos trabalhos

Publicado o 27 Xan 2020 en Medio Ambiente, Norte de Portugal, Portada.
Síguenos na nosa canle en TELEGRAM

Iniciar sesión

Uso de cookies

Este sitio web utiliza as cookies para que vostede teña unha mellor experiencia de usuario.
Si continúa navegando está a dar seu consentimento para a aceptación das mencionadas cookies e a aceptación da nosa política de cookies.
Faga click no enlace política de cookies para maior información. ACEPTAR

Aviso de cookies