Viana do Castelo avança com arranjo paisagístico e reabilitação de antiga carruagem do Funicular de Santa Luzia

Viana do Castelo | A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai avançar com um arranjo paisagístico e com a reabilitação de uma antiga carruagem do Funicular de Santa Luzia. A autarquia elaborou um estudo para o arranjo paisagístico da área envolvente à carruagem antiga estacionada nos terrenos da estação superior, sendo esta uma empreitada que rondará os 16 mil euros.

A proposta aponta para a construção de um percurso pedonal desde a entrada do edifício que alberga a sede do Grupo de BTT e a área envolvente à carruagem. Prevê a consolidação de um muro de suporte, a colocação de painel informativo descritivo do historial cronológico do Elevador de Santa Luzia e ainda mobiliário urbano.

A intervenção inclui ainda a recuperação geral da carruagem, estando previsto, no interior, a substituição de todos os forros, madeiramento de piso e recuperação dos assentos também em madeira. Para o exterior, está prevista intervenção na conservação da chapa, incluindo a substituição das partes irrecuperáveis, mantendo todas as caraterísticas conforme o modelo existente.

Recorde-se que a carruagem está colocada junto ao Funicular de Santa Luzia, que foi distinguido com o prémio de Infraestrutura Ferroviária do Ano 2013 e com o mesmo certificado em 2014. Vencendo um desnível de 160 metros, em seis a sete minutos, a viagem no Funicular de Santa Luzia é a mais longa a nível nacional, com os seus 650 metros.

Construído por iniciativa do empresário e engenheiro portuense Bernardo Pinto Abrunhosa, foi inaugurado a 2 de junho de 1923 através da ‘Empreza’ do Elevador de Santa Luzia. Entre 18 de agosto e 31 de outubro de 1944, os Serviços Municipalizados de Viana do Castelo asseguraram a exploração, com caráter provisório e, em 1945, foi alvo de importantes trabalhos de reparação.

A 28 de janeiro de 2005, o funicular foi transferido para o domínio público do Município de Viana do Castelo e, em meados de 2005, foi alvo de uma empreitada de 2,28 milhões de euros, com a renovação da linha, recuperação dos muros que a ladeiam e a instalação de duas modernas carruagens, com lotação para 25 pessoas, 12 sentadas e 13 em pé.

Publicado o 30 Out 2020 en Portada, Urbanismo, Viana do Castelo.
Síguenos na nosa canle en TELEGRAM

Iniciar sesión

Uso de cookies

Este sitio web utiliza as cookies para que vostede teña unha mellor experiencia de usuario.
Si continúa navegando está a dar seu consentimento para a aceptación das mencionadas cookies e a aceptación da nosa política de cookies.
Faga click no enlace política de cookies para maior información. ACEPTAR

Aviso de cookies

Os nosos anunciantes son importantes para nós.
Fainos o favor de desactivar o bloqueador de anuncios ou
engadir este sítio a túa lista branca.

Grazas!