Melgaço distinguiu quem engrandece o Concelho

Seis personalidades e uma empresa receberam medalhas de honra e de mérito

Melgaço | Seis personalidades e uma empresa receberam ontem medalhas de honra e de mérito do Município de Melgaço.

O ex-ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e o investigador Álvaro Domingues são, cidadãos de honra de Melgaço.

As distinções foram entregues pelo Município numa cerimónia em que foram agraciados como cidadãos de mérito Bernard Despomadéres, curador do Museu de Cinema, o investigador Joel Rodrigues, o professor Rocha Armada e o empresário Porfírio Esteves. A empresa Melgaço Radical foi reconhecida como instituição de mérito.

O presidente da Câmara Municipal, Manoel Batista, após ter entregue as condecorações, justificou-as como gesto de gratidão aos que se dedicam a causas que dizem respeito a toda a comunidade. A atribuição dos títulos honoríficos do Município iniciou-se em 2016 com cerimónia própria, realizando-se em Agosto, mês em que o concelho recebe muitos dos seus emigrantes, o que levou o edil a constatar que “Melgaço é mais vasto” que as suas fronteiras administrativas, “é o mundo inteiro”.

Tiago Brandão Rodrigues foi nomeado cidadão de honra porque, no período do seu mandato governamental, de 2015 a 2022, “investimentos significativos foram feitos em Melgaço”, nos domínios da educação e do desporto. O agora deputado viu reconhecido “o carinho que sente pelo território”. Álvaro Domingues colabora desde 2014 no Festival Internacional de Documentário de Melgaço e coordena o projecto ‘Quem somos os que aqui estamos”, trabalho de recolha e produção audiovisual sobre a cultura local.

A dinâmica da diáspora melgacense está expressa noutros títulos de cidadão de mérito atribuídos na cerimónia. A Bernard Despomadéres o Município de Melgaço premeia a dedicação dada à gestão do Museu de Cinema e à preservação do espólio doado por Jean Loup Passek, que vai integrar um centro de documentação gerido pela autarquia.

Joel Rodrigues, que deixou o concelho em 1990, é hoje reconhecido como o melhor cientista informático do Brasil e faz parte do grupo dos 400 melhores em todo o mundo.
Manuel Rocha Armada, melgacense a viver em Braga, foi eleito recentemente o melhor professor do mundo na área de finanças. Porfírio Esteves preside actualmente à Federação de Construção Ile de France.

A empresa Melgaço Radical, com 25 anos de actividade, viu reconhecido, com a medalha de instituição de mérito, o contributo dado ao reconhecimento do concelho como ‘Destino de Natureza mais Radical de Portugal’.

Deixa unha resposta

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.

Outros artigos