Feira Anual de Troca de Sementes em Paredes de Coura

Os dias 5 e 6 março

Paredes de Coura | A Feira Anual de Troca de Sementes regressa em formato presencial já este sábado e domingo, 5 e 6 março, a partir das 14h00, distribuída pela Casa do Conhecimento e Museu Regional de Paredes de Coura.

Organizada pelo Município e a Associação Quinta das Águias, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura, esta 8ª edição da Feira Anual de Troca de Sementes tem por propósito consciencializar os mais jovens acerca da importância da preservação da biodiversidade e do nosso património genético para as presentes e futuras gerações.

“A progressiva perda de variedades genéticas de muitas sementes constitui um perigo para a humanidade, porque muitas dessas variedades eram mais resistentes a pragas e doenças. Além do mais, estas representam um património que importa não perder. A educação, a informação e a partilha são das armas mais importantes para contrariar a crescente perda de muitas sementes, quer por desleixo quer pela influência e pressão dos grandes grupos agroalimentares”, defende Vitor Paulo Pereira, presidente da Câmara de Paredes de Coura, reforçando a importância “de preservar a biodiversidade biológica e incrementar as formas sustentáveis de produção de alimentos, porque simultaneamente contribuímos para uma alimentação mais saudável e um modo de produção mais justo”.

A Feira Anual de Troca de Sementes tem como objetivo proporcionar o encontro e convívio entre pessoas que valorizam as sementes e plantas locais e que ativamente contribuem para a sua preservação, face ao perigo de extinção provocado pela concorrência de variedades híbridas e transgénicas, que prejudicam o equilíbrio dos nossos ecossistemas.

A preservação das sementes autóctones assume assim uma importância vital, uma vez que são cada vez mais raras, sendo progressivamente substituídas por sementes comerciais, que são as mesmas em todo o mundo, enquanto as sementes locais se foram adaptando durante muitas gerações às condições de solo e clima específicas da sua região de origem. Uma vez que as sementes contêm o futuro da vida, é importante mantê-las vivas. A Troca de Sementes vai proporcionar às pessoas o acesso às sementes originais que as poderão cultivar para sua própria utilização e para as manter vivas.

Os interessados poderão encontrar nesta feira sementes raras e autóctones que têm vindo a ser passadas de geração em geração ao longo do tempo.

Neste programa de dois dias poderão contar com palestras acerca da preservação do nosso património genético, o mercado de trocas e ainda uma visita guiada para conhecer a sua riqueza.

Programa:
Sábado
9h30 Joana Soto – Amigos da Montanha
“O papel do cidadão na promoção da Biodiversidade – programa BiodiverCidade”
10h30 Ana Barata – Banco de Germoplasma
“Sementes com passado e futuro”.
11h20 Miguel Angel
Oficina sobre cultivo de cogumelos
12h00-14h00 – Pausa para almoço nos restaurantes locais. Almoço livre.
14h30 Raul Rodrigues – Escola Superior Agrária de Ponte de Lima
“As maçãs do Minho – património genético a conservar”
Seguir-se-á a troca de sementes no Museu Regional de Paredes de Coura.
15h20 – instalação das bancas por parte dos participantes
15h30 – início da troca de sementes

Durante a feira haverá animação com o clube MunDanças do DE Comunidade, do AEPCoura. Venham descobrir e aprender danças populares do mundo. Aberto a toda a comunidade, com ou sem experiência.
17h30 – encerramento.

Domingo
9h30 Caminhada Silvestre com Rita Roquete (Bloom Sativum): procura de padrões e espécies da flora espontânea.
Partida do Largo Visconde de Mozelos, em frente à Câmara Municipal. O passeio será junto ao rio Coura, no Taboão.
11h30 Workshop de Mesa Sã – extratos medicinais com plantas espontâneas para uso na alimentação quotidiana.
12h30 – picnic partilhado com petiscos vegetarianos.
14h00 – encerramento.

Outros artigos