Doces típicos dos 24 municípios do Minho para provar

“Doces do Minho” em Viana do Castelo os dias 07 e 09 de outubro

Viana do Castelo | Entre os dias 07 e 09 de outubro, a Praça da República e a Porta Mexia Galvão, em Viana do Castelo, acolhem o evento “Doces do Minho”, com doçaria típica de 24 municípios, foi hoje anunciado.

A autarquia adianta que a iniciativa inclui mostra de doces, workshop, música, dança e animação e está inserida na iniciativa Jornadas Gastronómicas do Minho, promovida pela CIM Alto Minho, CIM Cávado e CIM Ave, de modo a trazer ao público o que de melhor se ‘põe à mesa no Minho’.

O evento, pretende assim assumir a região como uma de referência a nível nacional e internacional no que toca à boa gastronomia e o evento “Doces do Minho” foca-se na doçaria típica dos municípios que integram as três Comunidades Intermunicipais.

Em conferência de imprensa de apresentação do evento, o vice-presidente e vereador da Cultura da Câmara de Viana do Castelo, Manuel Vitorino, afirmou que este “alinhamento estratégico” permite à gastronomia do Minho “alcançar escala” já que “é um momento de afirmação de um recurso importante, afirmando a riqueza gastronómica dos diversos municípios”.

O presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, considerou que este é um evento “transversal ao território, unindo 24 municípios e três CIM”, correspondendo a uma “visão conjunta” para “ajudar a promover o território, ganhando escala”.

Já a representante do consórcio, Marta Coutada, garantiu que “a promoção dos produtos endógenos da sub-região Minho” é o objetivo central desta iniciativa que visa “promover a gastronomia do Minho em toda a sua riqueza e diversidade”.

Ao longo dos três dias, a Praça da República vai acolher um Mercado, num espaço destinado a exposição, degustação e venda dos doces tradicionais. Estará disponível um Palco na Praça que, ao longo do evento, vai receber jovens bandas musicais, grupos de dança e DJs. A Porta Mexia Galvão vai receber ‘showcookings’, em espaços que pretendem apresentar aos participantes a pastelaria tradicional e suas as técnicas, respeitando as regras de qualidade, de higiene e de segurança alimentar e o valor da certificação dos doces tradicionais.

O evento integra igualmente um Moinho Aberto, dia 08 de outubro, no Moinho de Carreço, atividade que tem como objetivo mostrar o processo tradicional da moagem do grão até ser obtida a farinha, destacando este produto importante na confeção dos doces tradicionais. Estará ainda disponível Animação de Rua e atividades para os mais pequenos sempre sobre o tema pastelaria e doces tradicionais. Depois, dias 21, 22 e 23 de outubro, será a vez de Braga acolher o evento Minho Gastronómico, tendo como destaque o Peixe. A iniciativa encerra em Guimarães a 4, 5 e 6 de novembro, incidindo em Carne e Caldos.

Outros artigos