Comunidades piscatórias e o mar dão mote a seminário promovido pela CIM Alto Minho

No âmbito do projeto de cooperação inter-regional CHERISH

Viana do Castelo | “Comunidades Piscatórias e o Mar – Uma relação para além das pescas” é o tema do seminário que a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) promove na próxima quinta-feira, dia 9 de junho, em Viana do Castelo, com o apoio dos municípios do Alto Minho no âmbito do projeto de cooperação inter-regional CHERISH.

Este seminário, a ter lugar na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, a partir das 14h30, está integrado no programa do cruzeiro inaugural do Caminho Marítimo de Santiago, que passa esta semana por Viana do Castelo. Terá como tema central as comunidades piscatórias e, sobretudo, o potencial do recurso natural associado ao Mar.

A sessão de abertura será presidida por José Maria Costa, secretário de Estado do Mar, e Luís Nobre, presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo. Conta ainda com um conjunto de oradores convidados, entre especialistas, investigadores e atores da chamada “economia azul”, como Isabel Estrada Carvalhais, deputada no Parlamento Europeu e membro da Comissão das Pescas, Agricultura e Desenvolvimento Rural; António José Correia, da Fórum Oceano – Estações Náuticas de Portugal; José Manuel Carpinteira, presidente do GAL Costeiro do Litoral Norte; Portela Rosa, presidente da Vianapesca – Cooperativa de Produtores de Peixe de Viana do Castelo; e David Sanches, presidente da Associação de Pescadores da Ribeira Minho. Paulo Monteiro, diretor do Correio do Minho, será o moderador do seminário e o presidente da CIM Alto Minho, Manoel Batista, fará a sessão de encerramento.

O programa termina com uma visita à Caravela Vera Cruz, marcada para as 17h, que a partir de quarta-feira à tarde estará ancorada na doca comercial de Viana do Castelo, junto ao Navio Gil Eannes.

A inscrição no seminário é gratuita, mas deve ser realizada antecipadamente através do formulário disponível no site da CIM Alto Minho em www.cim-altominho.pt.

O projeto CHERISH (Creating opportunities for regional growth through promoting Cultural HERitage of fiSHing communities in Europe), cofinanciado pelo programa INTERREG Europe, tem como objetivo principal a melhoria de políticas públicas de desenvolvimento regional relacionadas com a proteção e promoção do património cultural nas comunidades piscatórias, a fim de aumentar a atratividade dessas regiões para as empresas, cidadãos e turistas.

Outros artigos