Caminha é o segundo Concelho com uploads máis rápidos em redes 5G

De acordo a informação da Autoridade Nacional para as Comunicações

Caminha | É oficial: Caminha é o segundo concelho do país com uploads mais rápidos em redes 5G. De acordo com a informação publicada pela Autoridade Nacional para as Comunicações (ANACOM), 64% dos concelhos já têm estações de 5G embora apenas 5,3% do tráfego de dados móveis tem sido efetuado com esta tecnologia.

De acordo com o primeiro balanço sobre o desenvolvimento observado nas redes 5G, efetuado após a conclusão do leilão de frequências do 5G e de outras faixas relevantes, o número de estações de base instaladas no território nacional com tecnologia 5G até ao final do 1.º semestre de 2022 ascende a 2918 estações espalhadas por 198 concelhos (64% dos concelhos no país) e 859 freguesias (28% das freguesias no país).

A NOS foi o operador que até ao momento instalou um maior número de estações 5G com 1937 estações (66%), seguindo-se a Vodafone com 534 estações (18%) e a MEO com 447 estações (15%).

Tendo em vista uma melhor caracterização da situação do 5G no país, a ANACOM levou a cabo um vasto conjunto de medições em todos os concelhos do território nacional tendo aquelas decorrido, maioritariamente, junto aos Paços do Concelho de cada Município. No total foram realizados, entre maio e junho deste ano, 1682 testes em que foi indicada, pelo sistema operativo do equipamento, a presença de 5G.

Os melhores resultados em termos de velocidade de download (valor médio dos testes) foram observados no concelho de Estarreja, com 871 Mbps, seguindo-se o concelho da Moita, com 715 Mbps e Vizela, com 690 Mbps. Já em termos de velocidade de upload, o melhor resultado nacional – 127 Mbps – também foi registado no concelho de Estarreja e o segundo melhor desempenho com 111 Mbps foi registado nos concelhos de Caminha e Portimão.

Para Miguel Alves, Presidente da Câmara Municipal de Caminha, a informação publicada pela ANACOM “são boas notícias para o concelho e, sobretudo, para as pessoas que aqui vivem ou nos visitam.

O Município tem feito um trabalho discreto muito importante, mas nem sempre valorizado. Apostamos na comunicação através das novas tecnologias, investimos recursos municipais na expansão da fibra ótica por grande parte de concelho, criamos zonas de acesso livre à Internet em espaço público ou equipamentos municipais e avançamos para um vasto processo de digitalização de procedimentos que permite, por exemplo, que qualquer cidadão possa iniciar, complementar ou obter decisão num processo de obras particulares sem pôr os pés na Câmara nem imprimir um papel.

A informação de que a tecnologia 5G chegou a Caminha e o bónus de que os uploads são, aqui, os segundos mais rápidos do país, deixa-nos satisfeitos, mas, essencialmente, motivados para fazer mais e para fazer melhor”.

O primeiro balanço sobre desenvolvimento do 5G em Portugal produzido e publicado pela ANACOM pode ser acedido em www.anacom.pt.

Docentes do AECC em mobilidade Erasmus+
Docentes do AECC em mobilidade Erasmus+No âmbito do Programa Erasmus+, um grupo de professores do Agrupamento de Escolas do Concelho de Caminha deslocou-se, entre 27 de junho e 2 de julho, a Split, na Croácia, para participar numa mobilidade de formação que reuniu docentes oriundos de vários países da União Europeia, designadamente, Grécia, Finlândia, Espanha, Polónia, Eslovénia e Itália.

Com base em tendências inovadoras na área da Educação, o curso subordinado ao tema Learning Fun Ativities in the Digital Era privilegiou a abordagem interativa, focada na prática e aprendizagem experiencial, no intercâmbio sobre novas metodologias de intervenção ativas e na partilha de boas práticas entre escolas.

O programa contemplou, ainda, um conjunto de visitas históricas, culturais e recreativas, que favoreceram a integração e a criação de pontos de encontro e de proximidade com outras pessoas e outras culturas.

Foram seis dias de vivências repletas de diversidade de conhecimento, de formas de pensar, ser e agir como professores, que muito contribuíram para o desenvolvimento e a valorização profissional e pessoal dos participantes, reforçando a identidade europeia e a cidadania ativa.

De salientar que a participação neste tipo de projectos internacionais promove a cooperação, fortalece o trabalho em rede e potencia a emergência de futuras parcerias entre instituições, mas constitui, ainda, uma oportunidade de internacionalização do Agrupamento de Escolas do Concelho de Caminha.

Deixa unha resposta

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.

Outros artigos