• Segue conectado
  • |

Autarca de Melgaço defende ação musculada e imediata no centro de saúde

Despois de profissionais de saúde terem testado positivo para Covid-19, disponibiliza testes a todos os colaboradores

Melgaço | O Presidente da Câmara Municipal, Manoel Batista, está a desenvolver todas as diligências para que a ULSAM e a Tutela tomem medidas drásticas no Centro de Saúde de Melgaço, após cinco profissionais terem testado positivo para a COVID-19. A autarquia disponibilizou testes a todos os que trabalham nesta unidade de saúde e reclama ação rápida.

Manoel Batista alerta para a situação, afirmando que “manter profissionais de saúde, pertencentes a um núcleo já com cinco infetados, a prestar serviços à comunidade, representa um risco de contágio cruzado muito elevado, quando ainda se aguardam os resultados aos 15 profissionais entretanto colocados em isolamento”.

Esta tarde, a Unidade Local de Saúde do Alto Minho reuniu para analisar o pedido de Manoel Batista, tendo no final do encontro informado a autarquia de que o Centro de Saúde vai continuar em funcionamento com os serviços mínimos assegurados pelos colaboradores que não apresentaram sintomas, sendo que o atendimento dos doentes em área dedicada à COVID-19 passará a ser feito na ADC de Monção.

O autarca exige o encerramento temporário desta unidade de saúde para que seja realizada uma desinfestação profunda, tendo a autarquia diligenciado já esses serviços.

Publicado o 2 Abr 2020 en Melgaço, Portada, Sanidade.
Síguenos na nosa canle en TELEGRAM

Iniciar sesión

Uso de cookies

Este sitio web utiliza as cookies para que vostede teña unha mellor experiencia de usuario.
Si continúa navegando está a dar seu consentimento para a aceptación das mencionadas cookies e a aceptación da nosa política de cookies.
Faga click no enlace política de cookies para maior información. ACEPTAR

Aviso de cookies