Ponte de Lima acolhe Campeonato Nacional de Esperanças de Canoagem

O próximo 27 junho com dezenas de clubes do país

Ponte de Lima | Ponte de Lima volta a tornar-se na capital nacional da canoagem no próximo dia 27 junho, data em que o Campeonato Nacional de Esperanças de Canoagem faz rumar à Vila mais antiga de Portugal, dezenas de clubes de todos os cantos do país.

Numa organização do Clube Náutico de Ponte de Lima, da Federação Portuguesa de Canoagem e do Conselho Nacional de Arbitragem, esta prova de âmbito nacional conta com o apoio do Município de Ponte de Lima.

A aposta do Município na melhoria das infraestruturas dedicadas à prática da modalidade, tem vindo a realçar o potencial existente em termos de condições naturais. Potencial que se alia a uma vasta experiência no acolhimento e organização de eventos náuticos de grande dimensão.

A prova decorre no masculino e no feminino, nas categorias de “menores” (k1, k2), “iniciados” (k1, k2), “infantis” (k1, k2, c1, c2), e “cadetes” (k1, k2, c1, c2), tendo início previsto para as 10h30.

As inscrições encontram-se abertas até ao dia 16 de junho de 2021, e podem ser efetuadas online em http://provas.fpcanoagem.pt , segundo as instruções da Ficha Técnica já disponível para consulta, no site da FPS e do Município de Ponte de Lima.

Assinatura do Protocolo para Criação do Museu Português da Canoagem
Depois de anunciar, em janeiro deste ano, a intenção de construir de raiz o primeiro museu dedicado à canoagem em Portugal e na Europa, o Município de Ponte de Lima, parte, no próximo dia 19 de junho, para assinatura do protocolo que dá aso a este projeto de referência a nível internacional.

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, estará presente na cerimónia de assinatura do protocolo a celebrar entre o Município de Ponte de Lima, o Clube Náutico de Ponte de Lima (CNPL), o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), e a Federação Portuguesa de Canoagem.

Nas palavras do Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, este não se trata de um museu com modelo tradicional, que se circunscreva apenas ao espólio, mas sim de “um espaço dinâmico, interativo, com função pedagógica do desporto, do turismo náutico e dos ecossistemas ligados a estas atividades, nomeadamente o rio Lima.”

Considerando a importância da proteção e valorização do património e da história da canoagem em Portugal, e a sua promoção, nas mais diversas vertentes, mostra-se fundamental criar referências locais e nacionais, de forma a proteger, e divulgar os mesmos, através de um projeto expositivo até à data inexistente em Portugal. Neste sentido, e enquanto a maior referência da modalidade em Portugal, o canoísta limiano “Fernando Pimenta terá um espaço próprio neste museu”, revelou o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima.

O Município de Ponte de Lima conduz, em simultâneo, uma homenagem a Fernando Pimenta e ao treinador Hélio Lucas pela obtenção da 100ª medalha internacional.
Neste contexto, convidamos o V. órgão de comunicação a assistir, no Auditório Rio Lima, sábado, 19 de junho, às 16h30.

Outros artigos