O limiano Fernando Pimenta conquista um novo título europeu

Na modalidade de k1 5.000 metros

Ponte de Lima | O Canoísta de Ponte de Lima voltou a conquistar uma medalha de ouro. O atleta português mais medalhado de sempre na modalidade sagrou-se campeão da Europa em k1 5.000 metros, conquistando a sua 121.ª medalha em provas internacionais, a terceira em Munique, Alemanha.

O português recuperou o título, que lhe fugia desde 2016, ao concluir a prova em 20.14,447, batendo o espanhol Walter Bouzan e o polaco Rafal Rosolski.
Cedo se formou um grupo na frente, de cinco atletas, que posteriormente, após vários ataques, foi fraturado, transformando-se num trio, que incluía Pimenta.

O português não demorou muito a mostrar as suas intenções e esticou a prova, passando para a frente, trazendo na sua onda somente o espanhol Walter Bouzan, que se resguardou sempre para um eventual ‘sprint’ final, que Pimenta evitou ao fugir no início da recta da meta.

A final do K1 5.000 metros devia ter-se disputado na tarde de sábado, contudo o mau tempo que se abateu no campo de regatas nos arredores de Munique adiou a mesma para ontem, após o programa oficial que estava previsto.

O limiano já tinha conquistado na Alemanha o bronze em K1 500 metros e a prata no olímpico K1 1.000. Em K2 1.000, com o jovem João Duarte, no primeiro ano de sénior, e a quem premiou por treinar consigo toda a época, acabou em nono na disciplina em que tinham sido ouro numa Taça do Mundo.

No currículo de Pimenta destaca-se sobretudo o bronze olímpico em K1 1.000 metros em Tóquio2020, bem como a prata em K2 1.000, entretanto descontinuado do programa dos Jogos, em Londres2012, com Emanuel Silva.

A segunda edição dos campeonatos Europeus decorre em Munique e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.

Portugal soma oito medalhas, designadamente quatro de ouro, através de Pedro Pablo Pichardo, no triplo salto, de Iúri Leitão, no scratch do ciclismo de pista, de Kevin Santos (K1 200) e Fernando Pimenta (K1 5.000), que também conquistou uma de prata (K1 1000) e uma de bronze (K1 500), e uma de prata, por Auriol Dongmo, no lançamento do peso. Na paracanoagem, Norberto Mourão garantiu o bronze na classe VL2.

Deixa unha resposta

Este sitio emprega Akismet para reducir o spam. Aprende como se procesan os datos dos teus comentarios.

Outros artigos